[VÍDEO] Câmara de Parnamirim encerra sessão tumultuada às pressas após confusão nas galerias

Confusão nas galerias da Câmara Municipal de Parnamirim nesta quarta-feira (29) - Foto: Reprodução
Confusão nas galerias da Câmara Municipal de Parnamirim nesta quarta-feira (29) - Foto: Reprodução

A sessão plenária da Câmara Municipal de Parnamirim, na Grande Natal, foi encerrada antes da conclusão da votação dos projetos, nesta quarta-feira (29), após um homem se exaltar e disparar ofensas contra um vereador que discursava no momento, em sessão bastante tumultuada.

O incidente aconteceu enquanto o vereador Michael Borges (PP) denunciava supostos casos de assédio moral envolvendo servidores da Prefeitura de Parnamirim. Em meio a protestos nas galerias, ele reclamava do arquivamento de processos administrativos sobre as denúncias, sem responsabilização dos acusados.

Em determinado momento, o vereador citou o caso de um servidor que teria erguido uma arma na rua ameaçando a população. Segundo Michael, em vez de ser demitido do cargo, esse funcionário foi promovido.

“Tem pessoas que não eram para estar trabalhando mais na cidade, porque cometeram falhas funcionais muito graves. Teve gente que saiu na rua com arma em punho ameaçando a população e, em vez de ser demitido, foi promovido”, afirmou Michael Borges.

O servidor citado indiretamente pelo vereador estava nas galerias. A 98 FM apurou que trata-se de Emerson Cristian de Oliveira Cavalcanti, servidor da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur). Ele se levantou e começou a proferir ofensas contra Michael Borges. O que ele diz não é compreensível, mas em determinado momento dá para perceber que ele chama o parlamentar de “covarde”.

Diante da confusão, o presidente da Câmara, Wolney França (PSDB), encerrou a sessão.

Pelas redes sociais, Michael Borges disse que foi ameaçado pelo servidor e informou que registrou um boletim de ocorrência na Polícia Civil.