[VÍDEO] Enchentes no RS: Bombeiros do RN se dividem e um dos grupos vai atuar com cães para buscar corpos

Bombeiros do RN estão no RS para ajudar no combate aos efeitos das enchentes - Foto: CBMRN / Reprodução
Bombeiros do RN estão no RS para ajudar no combate aos efeitos das enchentes - Foto: CBMRN / Reprodução

A equipe de bombeiros militares do Rio Grande do Norte que está atuando no Rio Grande do Sul se dividiu nesta sexta-feira (17). Uma parte da equipe vai permanecer em Pelotas, no Sul do estado, enquanto outro grupo se deslocou para Lajeado, na região do Vale do Taquari. As cidades estão separadas por cerca de 400 quilômetros.

De acordo com o tenente-coronel Moisés, a equipe que vai para Lajeado vai atuar com cães na possível localização de restos mortais. A área registrou deslizamentos. Já o grupo que permanece em Pelotas é especializado em salvamento aquático e vai ficar na cidade porque há risco da subida do nível de um rio – o que pode atingir uma comunidade.

Os bombeiros do Rio Grande do Norte chegaram ao Rio Grande do Sul nesta quinta-feira (16). Ao todo, são 11 bombeiros militares do RN, enviados para integrarem a força-tarefa humanitária no sul do País. Eles foram designados pelo gabinete de gestão de crises do Conselho Nacional dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (Ligabom) para atuar no município de Pelotas – e agora também em Lajeado.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul, apesar do nível das águas dos rios estarem baixando, a cidade ainda enfrenta os transtornos das inundações e necessita de ajuda humanitária, patrulhamento, resgate e salvamento.