[VÍDEO] Lawrence diz que foi “chutado” por Allyson e confirma pré-candidatura a prefeito de Mossoró

Presidente da Câmara Municipal de Mossoró e pré-candidato do PSDB a prefeito, Lawrence Amorim - Foto: Reprodução
Presidente da Câmara Municipal de Mossoró e pré-candidato do PSDB a prefeito, Lawrence Amorim - Foto: Reprodução

O presidente da Câmara Municipal de Mossoró, Lawrence Amorim (PSDB), confirmou nesta segunda-feira (13) seu rompimento político com o prefeito Allyson Bezerra (União Brasil). Além disso, anunciou oficialmente sua pré-candidatura à prefeitura da cidade.

Em transmissão ao vivo nas redes sociais, Lawrence disse que tentou manter a parceria política com Allyson Bezerra, mas que não houve acordo com o prefeito. “Não tinha intenção de rompimento, mas fomos chutados para fora, chutados por uma nota, por agressões”, enfatizou o presidente da Câmara.

Lawrence disse, ainda, que outros políticos deverão deixar a base de Allyson Bezerra em breve. Ele atribuiu isso a um suposto desconforto do prefeito com o crescimento de aliados. Em 2022, Lawrence foi candidato a deputado federal pelo Solidariedade e teve mais de 57 mil votos.

“Não sou o primeiro nem o último a sair. Existe uma extensa relação, basta pesquisar. Se alguém cresceu um pouco, pode esperar que vai sair. Agora ou mais tarde, mas vai sair”, acrescentou o vereador.

Demonstrando ressentimento com a postura do prefeito, Lawrence disse que procura agir com “olho no olho”. “Tomei minha decisão, comuniquei a minha decisão. Está aí para todo mundo saber. Não procuro fazer pelas costas. Não procuro fazer pela frente, dizer que é amigo e fazer pelas costas, apunhalar. Eu digo na frente, a verdade. Muitos não entendem que não sou de fazer política com bajulação”, ressaltou.

Dívidas

Durante a transmissão ao vivo, Lawrence aproveitou para rebater a informação divulgada pela prefeitura de que a Câmara Municipal tem dívidas com o Executivo referentes ao repasse constitucional mensal (duodécimo).

Segundo ele, a dívida é de R$ 14,6 milhões e diz respeito a uma diferença no cálculo do duodécimo nos anos de 2021, 2022 e 2023. Segundo Lawrence, a prefeitura vinha repassando para a Câmara o equivalente a 5% de suas receitas, quando na verdade deveria ter recebido 6%.

Segundo ele, diante da diminuição indevida nos repasses, prefeitura e Câmara fecharam um acordo para modificar o cálculo das receitas da prefeitura e, assim, elevar o repasse para o Legislativo. Mas a Justiça invalidou este acordo e determinou que a Câmara devolva o que recebeu de maneira excedente.

Em nota emitida na semana passada, a prefeitura alegou que o que foi repassado de forma excedente totaliza R$ 11 milhões, que vem sendo descontado nos duodécimos mensais.

“Fomos chutados com aquela nota (…) A partir daí fomos atacados, tanto eu quanto meus familiares””, disse Lawrence.

Pré-candidatura a prefeito

Lawrence disse que diante das circunstâncias e convocado pelo partido, colocou seu nome à disposição para a disputa pelo comando do Executivo. “Vamos para a pré-campanha com toda força”, finalizou.

“Antes da luta, a maioria das pessoas teria dito que Davi não tinha chance. Mas Davi mostrou que para Deus nada será impossível. Lucas, 1, 37”, afirmou Lawrence no encerramento da live.

Veja vídeo:

WP Twitter Auto Publish Powered By : XYZScripts.com