[VÍDEO] Mulheres se jogam no chão ao ficarem em meio a tiroteio entre PMs e criminosos no RJ

Tiroteio em Bangu viraliza nas redes — Foto: Reprodução/redes sociais
Tiroteio em Bangu viraliza nas redes — Foto: Reprodução/redes sociais

Um confronto entre policiais militares e cinco suspeitos em Bangu, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, neste sábado (18), fez com que duas moradoras precisassem se jogar no chão em meio aos disparos para escapar dos tiros. As imagens de vídeo mostram o momento de desespero em que as mulheres ficaram deitadas na mesma calçada em que os criminosos passam correndo e policiais atirando ao lado delas. Segundo a Polícia Militar, agentes do 14º BPM (Bangu) continuam no local.

A Polícia Militar informou ainda que, até o momento, cinco homens foram presos. Duas armas, dois carregadores e munições foram apreendidos na Rua Major Parentes, em Bangu. A ação teria começado assim que “receberam informações de que homens armados da Comunidade do Fumacê estariam se reunindo para invadir a comunidade do Batan”.

No vídeo de câmeras de segurança que circula nas redes sociais, é possível ver o momento em que uma mulher de roupa branca caminha pela rua. Ao escutar os disparos, ela corre, tenta abrir uma porta, que segundo relatos seria do local em que ela trabalha. Como não conseguiu abrir o estabelecimento, ela se joga no chão, ao lado de uma moto estacionada na calçada.

Seis dos suspeitos correm na direção da mulher deitada no chão. Ao passar do lado dela, um dos homens deixa uma mochila próximo a ela, que permanece deitada.

Em seguida, um policial atira contra os suspeitos, na mesma calçada em que a moradora está tentando se proteger. Parado ao lado dela, é possível notar quando ele faz ao menos seis disparos e retornar para pegar a mochila deixada pelos suspeitos.

Outro policial surge e fala com uma senhora que está do outro lado da rua. Ele olha a mulher deitada no chão e segue caminhando atrás dos suspeitos. A senhora atravessa e também se joga no chão, na mesma calçada em que a outra mulher está.

Um terceiro policial aparece nas imagens. Ele caminha até a senhora deitada no chão e fala com ela. O policial chega a apoiar o armamento na parede ao lado da mulher para levantar. Enquanto isso, a outra permanece deitada no chão ao lado da moto que está estacionada na calçada.

O policial pega a arma e segue na calçada ajudando a senhora. A mulher de branco, enfim, consegue levantar e corre na direção contrária.

Segundo a Polícia Militar, a ocorrência segue em andamento. Não foram registradas vítimas até o momento.

Fonte: O Globo