[VÍDEO] Servidores grevistas levam bolo e batem “parabéns” para marcar 2 meses de paralisação no IFRN

Servidores do IFRN fizeram ato público em frente ao câmpus Natal-Central nesta segunda-feira (3) - Foto: Sinasefe / Reprodução
Servidores do IFRN fizeram ato público em frente ao câmpus Natal-Central nesta segunda-feira (3) - Foto: Sinasefe / Reprodução

Servidores do câmpus Natal-Central do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) realizaram nesta segunda-feira (3) um ato para marcar os 60 dias da greve na instituição. Os servidores fizeram um piquete com aula pública na porta do câmpus, na Avenida Senador Salgado Filho.

A categoria está em greve desde 3 de abril. O calendário acadêmico no IFRN está suspenso por causa da paralisação.

A atividade, que fez parte da programação do Dia Nacional de Luta em Defesa da Educação Federal, iniciou logo cedo com o Comando de Greve Unificado fechando os portões do câmpus e chamando a comunidade acadêmica para participar do ato em frente à unidade.

Após um café da manhã, o vereador e professor Robério Paulino (PSOL-Natal) ministrou uma aula pública sobre Orçamento Público. Logo em seguida, os servidores fizeram suas intervenções e finalizaram a atividade com os “parabéns” simbólicos com direito a bolo, para marcar os dois meses da greve.

A categoria pede reajuste salarial, recomposição do orçamento dos Institutos Federais, reestruturação das carreiras e revogação de medidas de educação aprovadas nos governos Michel Temer e Jair Bolsonaro.