BUSCAR
BUSCAR
Vazamento de gás no banheiro pode ter matado casal de 30 anos no RJ
Mateus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques tinham 30 anos. (Foto: Reprodução)

Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), da Polícia Civil do Rio, suspeitam que um vazamento de gás tenha sido a causa da morte do casal Mateus Correia Viana e Nathalia Guzzardi Marques, ambos de 30 anos.

Os corpos dos dois foram encontrados no banheiro do apartamento em que moravam no Leblon. Não há sinais, segundo a polícia, de que o local foi invadido ou arrombado.

Em nota, os investigadores da Polícia Civil, que estiveram no apartamento na manhã desta quarta-feira (23/6), afirmam que “informações preliminares indicam que a causa das mortes teria sido um vazamento de gás no banheiro onde as vítimas estavam”.

A perícia endossa a suspeita da PM, que mais cedo havia afirmado que “óbito foi constatado por uma equipe do SAMU que esteve no local e, de acordo com as primeiras informações, a causa da morte teria sido um vazamento de gás”.

O aquecedor de água estava localizado dentro do próprio banheiro, e o chuveiro se encontrava ligado quando os corpos foram achados.

As vítimas estavam desaparecidas desde a segunda-feira (21/6), quando deram notícias à família pela última vez. Sem informações sobre Matheus, amigos foram até o apartamento e chamaram os bombeiros para entrar no imóvel.

*Por Metrópoles

Rua Carlos Chagas, 3466, Candelária, Natal/RN
(84) 4009-9898
[email protected]