IFRN abre processo para contratar professores substitutos; remuneração é de até R$ 5,8 mil

A Direção-Geral do Campus Santa Cruz do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) abriu as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado destinado à seleção e à posterior contratação de professores substitutos para atuar no ensino básico, na educação profissional de nível médio e no ensino superior. São três vagas (mais cadastro de reserva), distribuídas pelos Campi Santa Cruz, Caicó e Pau dos Ferros, para a disciplina de História.

A remuneração do profissional varia de acordo com a titulação apresentada, sendo de R$ 3.130,85 a R$ 5.831,21.

As inscrições para o processo estão abertas até a quinta-feira (22) e devem ser realizadas por meio do Portal do IFRN. A seleção será constituída de uma Prova de Desempenho (eliminatória e classificatória) e de uma Prova de Títulos (classificatória). O valor para inscrição é R$ 78,00.

As avaliações de desempenho serão realizadas de forma remota, por meio de vídeoconferência, perante banca examinadora composta por três profissionais da área da matéria/disciplina e/ou da área de educação.

A aula expositiva consistirá de uma aula de 45 minutos, de acordo com o tema sorteado, e terá o objetivo de avaliar os conhecimentos específicos e a capacidade didático-pedagógica do candidato.

Caso haja empate, terá preferência, para efeito de classificação, sucessivamente, o candidato que: tiver idade igual ou superior a 60 anos; tiver maior pontuação na prova de desempenho; possuir maior titulação acadêmica; tiver maior idade; ou for sorteado.

A validade do presente Processo Seletivo será de dois anos, contados a partir da homologação do resultado final, com possibilidade de prorrogação por igual período.

Solicitação de isenção de taxa

Os candidatos que solicitaram isenção da taxa de inscrição do Edital nº 5/2021-DG/SC/RE/IFRN deverão solicitar novamente se desejarem participar do Processo Seletivo Simplificado que será regido pelo Edital atual, uma vez que não foi disponibilizada a opção de transferência de isenção, considerando que a situação que garante a isenção do candidato pode ter sofrido alteração desde a inscrição anterior.