Idoso morre após ser espancado em São Paulo; vizinho é suspeito e foi preso

Júlio César da Silva foi agredido e morto em Ribeirão Preto — Foto: Reprodução/EPTV
Júlio César da Silva foi agredido e morto em Ribeirão Preto — Foto: Reprodução/EPTV

Um idoso de 60 anos morreu nesta quarta-feira (26), um dia depois de ser espancado no Centro de Ribeirão Preto (São Paulo). Um homem de 48 anos é suspeito das agressões e foi preso.

Júlio César da Silva foi agredido no cruzamento das ruas Barão do Amazonas e Mariana Junqueira, na terça (25). Ele chegou a ser socorrido e levado à Santa Casa, mas não resistiu aos ferimentos.

O suspeito foi identificado como Sérgio Salomão Fernandes. À EPTV, afiliada da TV Globo, testemunhas informaram que vítima e suposto agressor eram vizinhos em um condomínio no bairro Jardim Paulista.

À Polícia Civil, Fernandes alegou que encontrou Júlio por acaso e que agiu para se defender de agressões sofridas durante uma discussão entre os dois sobre a permanência do suspeito no condomínio.

A reportagem não conseguiu localizar a defesa de Fernandes.

Até a publicação desta matéria, as causas das agressões não haviam sido divulgadas. A Polícia Civil investiga o caso.