Beto Carrero faz promoção para petistas que forem ao parque no dia da eleição: “25% OFF”

Parque Beto Carrero está oferecendo 25% de desconto para quem for de vermelho, entrar antes das 8h e sair depois das 17h - Foto: Reprodução

O parque temático Beto Carrero World divulgou uma promoção para incentivar petistas a não votarem no segundo turno das eleições, em 30 de outubro. Antes, o centro de diversões, localizado em Santa Catarina, havia oferecido 25% de desconto para quem fosse ao local com roupas com as cores da bandeira do Brasil até a próxima segunda-feira (31).

“Para quem reclamou da promoção verde e amarelo, chegou o passaporte Para Todos! Chega de briga? Convide seu amigo petista e divirta-se o dia inteiro com ele! Vale somente domingo, para quem vier de vermelho, entrar antes das 8h e sair depois das 17h”, disse a empresa por meio de suas redes sociais.

Internautas criticaram a publicação. “Se perderam na personagem!”, disse uma seguidora da página da empresa no Instagram. “Comprar voto, eu já vi bastante, agora comprar que a pessoa não vote é a primeira vez. Prefiro ir outro dia com certeza”, disse outra.

Procurada, a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que não irá se manifestar.

Em Santa Catarina, o candidato Décio Lima (PT) disputa o governo do Estado com Jorginho Mello (PL), do mesmo partido que o presidente Jair Bolsonaro. “Absurdo. Abuso do poder econômico. Crime eleitoral”, disse Décio ao UOL.

Presidente de conselho do Beto Carrero World, o empresário Alexandre Murad é próximo de Luciano Hang, fundador da Havan e alvo do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), em diversas ações que miram influenciadores bolsonaristas.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Murad é o quinto maior doador para a campanha de Jorginho Mello. O político recebeu R$ 80 mil do empresário.