Servidores da Justiça do RN aceitam proposta do TJRN e não farão greve

Assembleia do SindJustiça na última sexta-feira (14) - Foto: SindJustiça / Reprodução
Assembleia do SindJustiça na última sexta-feira (14) - Foto: SindJustiça / Reprodução

Servidores do Poder Judiciário do Rio Grande do Norte decidiram aceitar o conjunto de propostas apresentadas pelo Tribunal de Justiça para evitar a paralisação da categoria. Porém, continua aberta a mesa de negociação para as reivindicações que ainda não foram contempladas.

A decisão de aceitar as propostas aconteceu em assembleia do sindicato da categoria, o SindJustiça, na última sexta-feira (14). A assembleia aconteceu dois dias depois de manifestações realizadas na última quarta-feira (12).

Em nota, o SindJustiça afirma que estará em “mobilização permanente aguardando o envio do projeto de lei em tempo hábil”. Além disso, os servidores cobram “a efetividade das negociações no que se refere aos demais pontos da pauta de reivindicações de 2024”.

Os detalhes da proposta não foram divulgados pelo SindJustiça e só serão conhecidos quando o Tribunal de Justiça enviar, à Assembleia Legislativa, o projeto de lei prevendo o reajuste para os seus servidores.