Técnica de enfermagem que perdeu dedos da mão consegue dinheiro para fazer cirurgia

Técnica em enfermagem agradece arrecadação para cirurgia nas mãos
Técnica de enfermagem que perdeu dedos da mão consegue dinheiro para fazer cirurgia - Foto: Repordução

Algumas horas após anunciar uma campanha de arrecadação de recursos para realizar uma cirurgia na mão, a técnica de enfermagem Maria Eduarda Medeiros voltou às redes sociais para agradecer as doações e dizer que atingiu a meta de R$ 50 mil para que ela possa se submeter ao procedimento. Vítima de um acidente de ônibus no último dia 3 de junho, Eduarda Medeiros precisa se submeter a mais um procedimento que deveria ter sido realizado ontem, mas, por falta de um equipamento específico na rede hospitalar do estado, ela acabou apelando para ajuda solidária de doações.

Estou passando aqui para agradecer a todo mundo que se empenhou, que me ajudou compartilhando ou doando, e dizer a vocês que, para a honra e glória do nome do Senhor, nós conseguimos bater a meta dos R$ 50 mil em 24 horas. Estou em uma felicidade que não sei nem explicar”, comemorou Maria Eduarda Medeiros, em vídeo compartilhado nas redes sociais no início da noite deste domingo (16).

Já estamos agilizando para tentar fazer a cirurgia nessa semana que vai entrar. Com fé em Deus dará tudo certo”, completou Eduarda Medeiros.

Na manhã do dia 3 de junho, um ônibus da empresa Jardinense, que fazia a linha ligando as cidades de Natal e Caicó, tombou em um trecho conhecido como ‘curva do manhoso’, entre Jardim do Seridó e Caicó, deixando dezenas de passageiros feridos. No total, o veículo transportava 32 passageiros no momento do tombamento.

Uma das vítimas foi Maria Eduarda Medeiros, que teve dedos da mão amputados no acidente. No dia seguinte, já em um hospital de Caíco, para onde foi transferida dada a gravidade dos seus ferimentos, ela usou as redes sociais para tranquilizar amigos e familiares. Mais de uma semana depois, no sábado, 15 de junho, Eduarda voltou às redes lamentando não poder fazer a que deveria ser a última cirurgia e que ela esperava ter feito naquele dia.

Ela explicou que era necessária a utilização de um equipamento específico, que não existe na rede hospitalar do estado. Por isso Maria Eduarda apelou para a ajuda dos seguidores, pedindo doações para que pudesse realizar o procedimento que custa R$ 50 mil, relatando ainda o seu temor com a possibilidade de uma infecção caso a cirurgia demorasse a ser feita. Menos de 24 horas depois de iniciar a campanha, a meta foi batida e Maria Eduarda Medeiros deverá se submeter à cirurgia na próxima semana.

Fonte: Novo Notícias