[VÍDEO] Galvão lamenta eliminação do Brasil e critica Tite: ‘Cena dele largando o time é muito feia’

Galvão Bueno. Foto: Reprodução

A derrota do Brasil nos pênaltis na Copa do Mundo do Catar para a Croácia significou também a despedida de Galvão Bueno como narrador dos jogos da seleção. Ele já havia anunciado que esta seria a última Copa, e publicou um vídeo nas redes sociais com a legenda “Bem amigos, terminou. Mas não era para perder!” e não poupou críticas ao técnico Tite e a jogadores da seleção.

“A seleção brasileira não fez uma grande Copa, como não tinha feito em 2018. No primeiro tempo, o time não existiu. A conversa de vestiário deve ter funcionado porque voltou marcando, apertando e teve oportunidade de gol. Hoje não era jogo para perder. A Croácia deu um chute ao gol e fez”, afirmou Galvão.

Ele também cornetou jogadores que não foram bem no momento do gol, principalmente Fred e Casemiro, volantes que durante a maioria dos treinos antes de chegar ao Catar, eram a dupla principal no meio-campo do Brasil. Na hora do empate, os dois estavam no campo croata, com Fred fazendo parte da jogada que culminou com o gol croata.

Mas o principal alvo das críticas foi o treinador.

“Como você começa a cobrança de pênaltis sem saber se o Neymar vai cobrar? Com um menino de 21 anos abrindo as cobranças? Tem certas coisas que eu não consigo entender. Eu gosto muito do Tite, mas a cena dele largando o time chorando em campo e indo embora sozinho para o vestiário é muito feia”, disse.

No final, o narrador terminou o vídeo em um tom bem humorado, relembrando que narrou o tetracampeonato do Brasil em 1994 e o penta, em 2002 como resposta àqueles que o chamam de pé frio.

Fonte: Extra