[VÍDEO] Motoqueiro escapa de ser baleado em tentativa de assalto no RJ por agenda que estava guardada em moto

Os tiros acertaram uma agenda e uma bolinha de fisioterapia, que estavam dentro de uma mochila, e não feriram a vítima. Foto: Divulgação/Polícia do RJ

Imagens feitas na delegacia mostram como ficou a agenda que salvou o motociclista Leandro Araújo de Oliveira, de 38 anos, alvejado por criminosos na noite desta sexta-feira (15) em Madureira, na Zona Norte do Rio de Janeiro.

O motociclista, que é sargento da Marinha, foi vítima de uma tentativa de assalto na Rua Capitão Couto de Menezes, abordado por dois homens em uma moto. Assustado, ele tentou voltar na contramão e fugir e os criminosos dispararam. Os tiros, entretanto, acertaram uma agenda e uma bolinha de fisioterapia, que estavam dentro de uma mochila, e não feriram a vítima.

Os criminosos fizeram dois disparos contra a moto antes que policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) chegassem ao local e trocaram tiros contra eles. Na sequência, os bandidos fugiram do local. Ao todo, os policiais dispararam 19 vezes contra os bandidos.

“Os vagabundos me abordaram, deram os tiros, dois pegaram nas minhas costas e parou na minha agenda. Graças aos militares eles se evadiram”, contou a vítima, em um vídeo gravado na porta da delegacia.

De acordo com o aposentado Jorge de Oliveira, pai de Leandro, o militar da Marinha estava indo para a casa dos pais, em Realengo, quando sofreu a tentativa de assalto. Oliveira disse que o filho havia saído do serviço, no Centro do Rio.

“Ele estava indo lá para casa quando tentaram assaltá-lo. Deram dois tiros e, por livramento de Deus, não pegou. Os disparos atravessaram a mochila e pegou na agenda e em um objeto que ele treina para fortalecer os dedos. Foi livramento, foi sorte, graças a Deus. Quando eu soube do que aconteceu, eu subi no telhado lá de casa e comecei a chorar e agradecer a Deus”.

“Primeiramente gostaria de agradecer a Deus pelo livramento que me foi concedido e depois ao cabo Ferreira e ao cabo Souza porque graças a eles eu fui impedido de sofrer um assalto”, agradece o motoqueiro.

A ocorrência foi registrada na 29ª DP (Madureira).

Fonte: g1RJ