[VÍDEO] Senador leva mulher para encenar procedimento de aborto no plenário

Performance aconteceu durante sessão de debates nesta segunda-feira (17) no Senado - Foto: TV Senado / Reprodução
Performance aconteceu durante sessão de debates nesta segunda-feira (17) no Senado - Foto: TV Senado / Reprodução

O senador Eduardo Girão (Novo-CE) convidou uma contadora de histórias para interpretar um texto contrário à assistolia fetal como método de aborto legal, nesta segunda-feira (17), durante a audiência no Senado Federal que debate o procedimento.

Nyedja Gennari, que nas redes sociais se identifica como contadora de histórias, escritora, professora e arte educadora, narrou em cerca de cinco minutos um texto fictício sobre um suposto feto no dia em que foi submetido ao procedimento de assistolia fetal.

“Essa história, embora trágica, dolorosa, é um chamado à reflexão para que todos compreendam a seriedade e as consequências do aborto”, disse, ao final da performance.

Nas redes sociais, antes da apresentação, Nyedja falou sobre a expectativa para o momento. “Um texto profundo, pesado, torçam por mim”, afirmou.