[VÍDEO] Sergio Moro condena ataques no RN: “Características terroristas”

Senador Sergio Moro (União Brasil-PR). Foto: Agência Brasil

O senador Sergio Moro (União Brasil-PR) condenou nesta quarta-feira (22) os ataques criminosos que ocorrem no Rio Grande do Norte há uma semana. Em pronunciamento na tribuna do Senado, o ex-juiz da Lava Jato e ex-ministro da Justiça disse que os episódios de violência no Estado têm “características terroristas”.

“Estamos assistindo atônitos a esses ataques à sociedade civil, à população civil do Rio Grande do Norte. Ataques que têm características terroristas. Não é próprio de organizações criminosas assim procederem. Espero que as autoridades sejam bem-sucedidas. Temos que intensificar o combate ao crime organizado”, afirmou Moro.

O Rio Grande do Norte chegou nesta quarta-feira ao 9º dia com ataques criminosos. Segundo relatório divulgado pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed), o número de ocorrências registradas chegou a 300, sendo 8 nas últimas 24 horas.

Entre as ocorrências, um caminhão de uma fábrica de refrigerantes foi saqueado e depois incendiado em Macaíba e uma van escolar foi queimada em Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal.

De acordo com a Sesed, até as 9h desta quarta-feira, foram 168 suspeitos presos, incluindo 17 foragidos da Justiça e 3 tornozelados flagrados com arma, drogas ou combustível em galão. Além disso, foram apreendidos: 42 armas, 139 artefatos explosivos, 31 galões de combustíveis e 16 veículos.

Operação Sequaz

O senador subiu à tribuna do Senado para comentar a Operação Sequaz, que foi deflagrada pela Polícia Federal nesta quarta-feira. Pelo menos 9 pessoas foram presas por suspeita de tramar o sequestro e a morte de autoridades públicas, entre elas Moro. As investigações apontam que a facção criminosa PCC planejou o atentado como represália pelo fato de Moro ter mudado regras em presídios federais e por ter transferido o traficante Marcola quando era ministro.