Série Mindhunter, da Netflix, pode voltar se fãs fizerem “barulho”

Fim do seriado foi anunciado há um ano por David Fincher, que alegou exaustão e alto custo dos episódios

A cultuada série sobre serial killers Mindhunter, da Netflix, terminou em 2019, na segunda temporada. Em 2020, David Fincher, criador do projeto e autor de filmes como Zodíaco (2007) e A Rede Social (2010), alegou que o projeto era “extenuante” — ele chegou a falar em 90 horas de trabalho por semana durante as gravações — e que os altos custos dos episódios impediam a produção de novos ciclos. Agora, a “novela” parece ganhar um capítulo improvável.

Asif Kapadia, diretor de dois episódios da primeira temporada, escreveu no Twitter que acredita no retorno de Mindhunter. Mas tudo dependeria, na visão dele, dos fãs.

“Fãs do mundo todo precisam fazer com que a Netflix saiba que há interesse e demanda por uma terceira temporada de Mindhunter. Se vocês fizerem barulho, pode acontecer”, sugeriu o cineasta, vencedor do Oscar por Amy (2015). Ele também assinou os documentários biográficos Senna (2010) e Diego Maradona (2019).