Greve dos motoristas de ônibus de Natal é suspensa até quinta-feira (6)

Reunião na superintendência do MTE em Natal, entre empresários e motoristas de ônibus - Foto: Sintro-RN / Reprodução
Reunião na superintendência do MTE em Natal, entre empresários e motoristas de ônibus - Foto: Sintro-RN / Reprodução

Os motoristas de ônibus de Natal decidiram suspender a greve que começaria nesta segunda-feira (3). A decisão aconteceu no início da tarde, após uma nova rodada de negociação com empresários na superintendência do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), na capital potiguar.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro-RN), a paralisação está suspensa pelo menos até quinta-feira (6), quando acontecerá uma nova reunião com os representantes dos empresários (Seturn).

Na reunião desta segunda-feira, motoristas e empresários não chegaram a um consenso. Diante do impasse, o superintendente do MTE-RN, Cláudio Gabriel, apresentou uma contraproposta, que será avaliada pelas duas partes. Na quinta-feira, a nova reunião dará um desfecho ao caso.

A contraproposta do MTE é de um aumento real (acima da inflação) de 1% para a categoria. A categoria vinha cobrando 5%. Já os empresários vinham propondo repor apenas parte da perda inflacionária.

O assessor do Sintro-RN Carlos Silvestre diz que a categoria vê a proposta do MTE com “bons olhos” e que agora caberá ao Seturn definir se concorda.

“Se tiver acordo, o movimento grevista vai acabar na quinta-feira. Caso na quinta-feira os empresários não concordem com a proposta de mediação, na sexta-feira iniciará a nossa greve por tempo indeterminado. Estamos tentando negociar até o limite”, afirmou Silvestre.